Eleitos em Buriti Bravo habilitados à posse

A Justiça Eleitoral, em Buriti Bravo, diplomou, nessa quinta-feira 17, a prefeita, o vice-prefeito e os vereadores eleitos em 15 de novembro. A cerimônia foi presidida pela juíza eleitoral Alynne Danielly, assessorada pelos integrantes do Cartório Eleitoral da Comarca. Na Câmara Municipal assumirão, dia 1º de janeiro, 11 parlamentares. Aconteceu no Plenário “Vicente Aires”.


Receberam o documento, que os habilita a assumir suas funções em 1º de janeiro de 2021, a prefeita Luciana Leocádio (entregue pela filha Adriana), o vice-prefeito Welson Amorim e os vereadores Antônio Crediário, Jonnídio Bezerra, Raimundo do Sindicato, Profª Irisnalda Tavares, Vitor Hugo Campelo, Profª Nádia Rúbia, Zé Alberto, Zé Reinaldo, Prof. Wermeson Morais, Clebão da Saúde e Wilson Borges.
Saudação – Principal oradora da reunião, a prefeita eleita reverenciou a população e lamentou que a pandemia instalada afastasse o povo desse importante momento da democracia. Mas reconheceu que o impedimento atende ao interesse superior da saúde do povo “e por isso se impõe de modo irreversível”.


Projetando para o futuro, Luciana Leocádio reconheceu que iniciará o mandato num período atípico da nação brasileira que, a exemplo da comunidade mundial, sofre os efeitos de uma crise sanitária que afeta a vida pública universal. Mas se disse preparada para enfrentar os obstáculos e pronta para enfrentar os desafios, principalmente no campo da saúde pública.
A futura gestora é uma das 42 mulheres eleitas para comandar a administração municipal no Maranhão. Em sua fala lamentou a perda de um irmão durante sua militância política, classificando-a como “uma perda que não tem preço”. E terminou assumindo que sua eleição é parte da história que pretende escrever ao longo de sua atuação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *